governo sao paulo
  • portugues
  • espanhol
  • ingles
  • diminuir texto
  • aumentar texto

A Pesquisa de Acervo no Museu Casa de Portinari

Reforçando as premissas do Plano de Conservação do Museu Casa de Portinari, a pesquisa de acervo é atividade constantemente desenvolvida, uma vez que visa o levantamento e a organização de informações inerentes às diferentes peças, ampliando assim o conhecimento institucional sobre a coleção.

É a partir da pesquisa do acervo que outros departamentos podem, inclusive, aprofundar o seu trabalho, tais como, o Setor Educativo, que trabalha as informações específicas de cada objeto desenvolvendo atividades de mediação com o público visitante; ou o trabalho da Conservação e Restauro, que consegue propor soluções mais precisas para a salvaguarda e recuperação das diferentes tipologias exibidas no Museu ao conhecer as origens e especificidades de determinada peça; também a Curadoria, que utiliza as informações levantadas, exibindo-as de diferentes formas, tanto na exposição de longa duração, como em eventuais exposições temporárias.

Nesse contexto, especialistas são frequentemente consultados para levantamento de dados que só poderiam ser de fato decodificados através do trabalho de um expert. Todavia, a equipe técnica, retroalimentada pelos demais setores, também trabalha com o levantamento constante de novas informações por meio de consulta a bibliografias especializadas, sites institucionais ou mesmo por meio de entrevistas e conversas com outros profissionais que podem contribuir para uma visão mais aprofundada das coleções.

Recentemente, dentre outros objetos pesquisados pela instituição, destacou-se a máquina de fazer café expresso, exposta na cozinha dos Portinari. A partir das informações já documentadas sobre o objeto foi possível “garimpar” novos dados sobre o mesmo, como informações da empresa fabricante, inovações que o modelo propunha ainda na década de 1950, como se dava o processo de preparo da bebida na máquina, modelos parecidos com o objeto, além de uma reflexão sobre o desenvolvimento dos diferentes processos de preparo da bebida ao longo dos anos.

Informações do tipo são essenciais para o trabalho diário com os objetos da coleção e elas nunca representam um ponto final no conhecimento de determinada peça, mas o contrário: o levantamento de informações até então desconhecidas abre espaço para que novos conteúdos sejam pesquisados e discutidos pelos profissionais de museu. Vale ressaltar também o caráter contributivo que a atividade de pesquisa desenvolve: a informação que eventualmente pode ser entendida como de importância menor para um indivíduo, tem potencial de ser essencial para outros.

No presente momento, as camas patentes da coleção estão sendo pouco a pouco pesquisadas. As informações levantadas, assim como todas as demais, passarão a compor um dossiê que é transmitido aos demais setores do Museu e em seguida são organizadas sistematicamente no Setor de Documentação da instituição.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*