• portugues
  • espanhol
  • ingles
  • diminuir texto
  • aumentar texto

Secretaria da Cultura abre licitação para contratar restauro do Museu Casa de Portinari, em Brodowski

A Secretaria de Estado da Cultura lançou no último sábado (6/10) edital de licitação para contratar as obras de restauro do edifício do Museu Casa de Portinari, em Brodowski. A contratação incluirá, além das obras, a instalação de uma cobertura metálica provisória para proteger o edifício enquanto o serviço é realizado. A reforma incluirá intervenções na estrutura e fundações, redes hidráulica, elétrica e de telefonia, climatização, acessibilidade, entre outros. A previsão inicial é de que o serviço custe cerca de R$ 1,4 milhão.

O Museu está fechado preventivamente desde junho, depois que restauradores contratados para realizar o monitoramento permanente da casa constataram o descolamento das pinturas realizadas por Portinari nas paredes da pequena residência, construída no começo do século XX com técnica e materiais bastante rudimentares. Por isso, o restauro do edifício é imprescindível para garantir a integridade dos afrescos, que também passarão por processo especializado de restauração em uma próxima etapa.

A expectativa da Secretaria é de que o resultado da licitação seja publicado em novembro. Todas as intervenções deverão ser previamente aprovadas pelos órgãos federal e estadual de preservação do patrimônio histórico – o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e o Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo (Condephaat) -, já que a casa é tombada nas duas esferas.

 

Histórico

A casa em que o pintor paulista Candido Portinari viveu sua infância e adolescência – e para a qual voltou diversas vezes, já adulto – foi desapropriada pelo Governo do Estado de São Paulo em 1969 e transformada em museu já no ano seguinte. De origem humilde, Portinari usou as paredes da própria residência como telas: por quase todos os cômodos do imóvel estão espalhadas pinturas de temática sacra. O Museu abriga, ainda, móveis e objetos de uso cotidiano pertencentes à família do pintor e dele próprio. No ano passado, mais de 114 mil pessoas visitaram a casa, que é o mais frequentado entre os museus mantidos pelo Estado no interior.

Mesmo com o imóvel fechado, a equipe técnica e educativa do Museu Casa de Portinari continua realizando atividades pedagógicas relacionadas ao tema do patrimônio artístico em outros espaços da cidade.

 

 

Mais informações à imprensa:

Secretaria de Estado da Cultura

Renata Beltrão – (11) 2627-8166 – rmbeltrao@sp.gov.br

Amanda Sena – (11) 2627-8169 – asena@sp.gov.br

Amanda Ventura – (11) 2627-8164 – amandav.cultura@gmail.com

Giulianna Correia – (11) 2627-8243 – giu.correia@gmail.com

Juliana Petroni – (11) 2627-8070 – jpetroni@sp.gov.br

Lígia Gama – (11) 2627-8164 – lgama@sp.gov.br

Natália Inzinna – (11) 2627-8162 – ninzinna@sp.gov.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*