saopaulo.sp.gov.br Cidadão SP

Cultura e
Economia Criativa

saopaulo.sp.gov.br Cidadão SP

Cultura e
Economia Criativa

AGENDAMENTO DE VISITAS

O Museu Casa de Portinari organiza a agenda de atendimento de grupos, para melhor atender a grande procura com qualidade. Abaixo, informamos os dias e horários disponíveis para a visitação em grupo.

Caso tenha interesse em agendar uma visita ou integrar a lista de espera para os dias já preenchidos, por favor, entre em contato com o museu, pelo telefone (16) 3664-4284.

Em caso de desistência, as vagas serão disponibilizadas, respeitando a ordem da lista de espera.

O Museu Casa de Portinari agradece a compreensão e se coloca à disposição para esclarecer eventuais dúvidas.

2020 janeiro

Semana 4

dom 29
seg 30
ter 31
qua 1
qui 2
sex 3
sáb 4
dom 5
seg 6
ter 7
qua 8
qui 9
sex 10
sáb 11
dom 12
seg 13
ter 14
qua 15
qui 16
sex 17
sáb 18
dom 19
seg 20
ter 21
qua 22
qui 23
sex 24
sáb 25
dom 26
seg 27
ter 28
qua 29
qui 30
sex 31
sáb 1
  • Sem Eventos

  • Sem Eventos

  • Sem Eventos

  • Sem Eventos

Visita de Grupos

Como o Museu Casa de Portinari tem a peculiaridade de estar instalado na casa que pertenceu à família do pintor, seus cômodos são de pequeno porte e, por questões de segurança e aproveitamento da visita, não é permitida a superlotação. Por isso, caso deseje trazer um grupo com mais de 12 pessoas ao museu, é importante seguir as orientações abaixo:

  • O agendamento de visitas de grupos é feito somente por telefone, confira aqui a agenda com as datas e horários disponíveis, e em seguida ligue no museu para realizar o agendamento.
  • O visitante acessará o museu somente em seu horário de funcionamento – de terça-feira a domingo, das 9h às 18h.
  • Como o museu não tem estacionamento próprio, os veículos podem ser deixados no entorno da Praça Candido Portinari.
  • O embarque e desembarque dos veículos a serviço de instituições agendadas (ônibus, micro-ônibus ou vans) deverão ser feitos na Praça Candido Portinari, na presença de um responsável pelo grupo/escola.
  • Os ônibus só poderão permanecer estacionados nas ruas laterais ao museu, sempre de acordo com as normas municipais de trânsito vigentes.
  • Na chegada ao museu, o responsável pelo grupo deve se identificar na administração.
  • O horário de retorno dos ônibus e o local de encontro deverá ser previamente combinado entre os responsáveis pelos grupos e o motorista.
  • O museu não possui lanchonete, mas os alunos podem lanchar na Praça Candido Portinari que fica na esplanada do museu.
  • Os responsáveis pelos grupos devem estar atentos aos riscos de danificação dos equipamentos (objetos do acervo, de infraestrutura ou sinalização).
  • Somente será permitida a circulação e permanência de grupos de no máximo 20 pessoas no interior do museu, sempre acompanhados por seus responsáveis/monitores.
  • Por questões de segurança e garantia de uma melhor visitação, o museu não permite que as vias de passagem sejam obstruídas. As menores salas não comportam mais do que um (01) grupo de 10 pessoas por vez, enquanto que as maiores salas podem acolher simultaneamente até, no máximo, um (01) grupo de 20 pessoas.
  • Antes de partir, os responsáveis pelos grupos devem verificar se não estão se esquecendo de nenhum integrante do seu grupo, com atenção especial para as crianças.

Importante

  • As crianças deverão vir identificadas com crachá contendo seu nome e contatos da instituição a que pertence;
  • Mochilas, bolsas e lanches devem ficar preferencialmente guardados no ônibus para maior conforto e segurança do grupo ou no guarda-volumes disponibilizado pelo museu;
  • As instituições visitantes devem designar dois acompanhantes adultos para cada grupo de 20 pessoas. Os acompanhantes deverão permanecer juntos ao grupo mantendo-o unido do início ao término da visita, sendo responsáveis pelo seu comportamento e conduta no interior do museu;
  • Cada grupo deve conter no máximo 20 pessoas e entrar no museu conforme orientação dos funcionários do museu;
  • No interior do museu, condutas como correr, dispersar-se do grupo, usar celular e falar alto são consideradas inadequadas. A direção da instituição pede que tanto os grupos visitantes agendados como seus responsáveis (guias de turismo cultural, educadores, professores, entre outros) atendam a essas solicitações.